Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]



as frustrações da esquerda portuguesa

por Rui Faustino, em 27.10.13


Na verdade (e na minha modesta opinião) a alternativa à austeridade, à troika ou ao capitalismo lato sensu, não há-de ser construída com base na tomada das escadarias de são Bento, na dispersão do corpo de intervenção ou na tomada de qualquer símbolo estratégico do poder: seja este o parlamento,  a ponte 25 de Abril ou a scooter do Pedro Mota Soares.


Essa alternativa só poderá ser construída com base numa unidade de esquerda (PCP/BE), num programa que exproprie os expropriadores e numa mobilização pela base. Falar é fácil, bem sei! Mas não deveria ser assim tão difícil de fazer... E já agora podia haver um bocadinho mais de rock and roll, não?

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 23:25


2 comentários

De macacoi a 28.10.2013 às 22:20

Ui isso é mais difícil do que as galinhas terem dentes e as vacas darem Whisky.
Acho que as ideias do PCP para Portugal e para a Europa têm algo a ver com a saída do euro e a reforma agrária e outras coisas que são irreconciliáveis com O BE. Mas não tenho a certeza :) não pertenço a nenhum dos dois e haverá aqui quem saiba explanar esta impossibilidade bem.
Dá mesmo ideia (uma boquinha) que nem querem sequer pensar nessa hipótese de alguma vez serem governo. A não ser que... a cena das reformas rings a bell...

De Rui Faustino a 29.10.2013 às 12:43

é como tu dizes, sem dúvida... Infelizmente é como tu dizes...

Comentar post





calendário

Outubro 2013

D S T Q Q S S
12345
6789101112
13141516171819
20212223242526
2728293031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D