Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]



É preciso pensamento positivo!

por carlos carujo, em 13.03.14

 

 

De manhã à tarde, apresentavam-nos repetidamente casos edificantes de doentes que eram felizes apenas pelo poder do pensamento positivo. Pela noite, especializaram-se nos casos edificantes de pobres que tinham triunfado exclusivamente porque o seu pensamento positivo tinha dado a volta a todos os problemas.

O pensamento positivo tornara-se então omnipresente. Quem não partilhasse desse consenso mole decerto sofreria de algum problema. Deveria pois consultar um dos vários especialistas na matéria. E se não o fizesse mereceria ser condenado a que o mundo lhe caísse em cima por crime de velhodorestelianismo.

Por outro lado, quem o partilhasse mas não tivesse tido os resultados esperados, deveria acreditar com mais força e, se depois disso continuasse a falhar, deveria acreditar ainda com mais força. Se não o conseguisse fazer, claro, encontraria os especialistas prontos a intervir.

O lado negro do pensamento positivo lançava um manto de culpa e difundia um sentimento de que estaríamos errados por nossa culpa. Nunca dávamos ao positivismo tanto quanto ele exigia. No livre mercado do positivismo ficávamos sempre a perder. E seria cada vez mais urgente abraçar a sua normalização brutal e totalitária.

Mas não lhe chamavam ideologia.

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:54




calendário

Março 2014

D S T Q Q S S
1
2345678
9101112131415
16171819202122
23242526272829
3031



Arquivo

  1. 2015
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2014
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2013
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D